Obstrução nasal: causas, manifestações e como tratar.

 

A obstrução nasal é uma das queixas mais frequentes no consultório do otorrinolaringologista, podendo ser causada por diversas causas. O desvio de septo nasal é uma das causas mais comuns de obstrução do nariz. O septo nasal é uma estrutura formada por ossos (na sua parte posterior) e cartilagem (na porção anterior),que divide o nariz em duas narinas. Ele é revestido pelo mesmo tipo de tecido que forra internamente o nariz, conhecido por mucosa nasal.



 

Q uando ele está torto para um dos lados, chamamos de desvio septal. Assim, a narina que contém o desvio torna-se mais estreita à passagem do ar, dificultando a respiração podendo ocasionar ronco, apnéia do sono e alterações do olfato Outra causa muito comum é a hipertrofia dos cornetos ( carne esponjosa), geralmente causada por rinite, sinusite aguda ou crônica , uso indiscriminado de gotas descongestionantes nasais. Quando associados ao desvio septal, deve ser tratado simultaneamente.



 

Apesar da presença do desvio, não são todos os casos que são levados para mesa de cirurgia. O grau de desconforto depende do local do desvio, em geral, o desconforto é maior quanto mais perto da ponta do nariz. A principal indicação de cirurgia é para pessoas que possuem dificuldades de respiração, mas desvios estéticos e pacientes com dores de cabeça também podem ser analisados.


 

Quando indicada, a cirurgia do septo nasal proporciona uma melhora importante na qualidade de vida do paciente. O procedimento é realizado em ambiente hospitalar com anestesia geral na maioria dos casos.


A rinoplastia é a técnica cirúrgica aplicada para a correção das alterações estéticas, ou externas, do nariz. Em um grande número de pacientes lançamos mão da rinosseptoplastia , união das duas técnicas, para proceder uma cirurgia que tenha tanto o objetivo de melhorar a respiração, tratando da parte funcional do nariz quanto a estética .


— Dr. José Felipe Bigolin Filho CRM 19140

Agende uma consulta